Somocolor - Blogger template by ThemeRespo

Sem Comentarios

Psicóloga, com várias especializações na medicina chinesa. Estuda filosofia oriental desde os treze anos de idade. Aos 21 anos integrou-se a tradição milenar da Ordem Rosacruz onde estudou parapsicologia e especializou-se em métodos de autoconhecimento para a cura. Ministra cursos e palestras para educadores físicos, médicos, psicólogos, psicanalistas etc.


Este programa foi produzido na Escola Brasileira de Linguagem do Corpo e psicanálise Cristina Cairo, que fica localizado na rua Pelotas, 106 - Vila Mariana, em São Paulo, Brasil.

Vídeo editado por Rodolfo Santos e Carlos Tristão 
Pagina Official no Facebook: https://www.facebook.com/criscairo

Temas:

☺O poder da decisão.
☺Como o medo afeta nossas decisões.
☺Falta de decisões e a obesidade.
☺O poder da conversa.
☺Como se separar de um relacionamento ou vínculo.
☺A importância de ser você mesmo.
☺Crianças e casas bagunçadas.
☺História pessoal de Cristina Cairo.



Mais informações →

Sem Comentarios


Não são apenas as linhas da mão que têm um significado. As linhas do pulso também têm. Descubra-os! A primeira linha do seu pulso tem vários significados. O primeiro? Se ela é bem desenhada é sinômino de vida tranquila, de felicidade, de vida longa e de boa saúde. Mas isso não é tudo, se ela é aberta ou partida, seu estilo de vida está em questão. Sua primeira linha é partida em vários lugares? Não são apenas as linhas da mão que têm um significado. As linhas do pulso também têm. Descubra-os! A primeira linha do seu pulso tem vários significados. O primeiro? Se ela é bem desenhada é sinômino de vida tranquila, de felicidade, de vida longa e de boa saúde. Mas isso não é tudo, se ela é aberta


ou partida, seu estilo de vida está em questão. Sua primeira linha é partida em vários lugares? Isso pode significar que terá dificuldades para ter filhos. A segunda linha representa o aspecto financeiro. Se há muitos cortes, você tem problemas de dinheiro. Ao passo que se ela é profunda, bem desenhada e sem cortes, é um sinal de riqueza. A terceira linha não é visível em todas as pessoas. Ela representa a vida social. É simples, se ela aparece no seu pulso, é um sinal de uma grande influência na família ou no trabalho. E enfim, a quarta linha, muito rara. Se você a tiver, pode ficar feliz! E com motivo, ela é sinônimo de uma vida muito longa e de família numerosa!




Mais informações →

Sem Comentarios

Alguma vez você já recebeu um forte sentimento que te atingiu na boca do estômago? Você está dirigindo pela estrada e de repente tem uma intuição profunda de virar para à esquerda. Você acabou de desviar de um caminhão vindo em sua direção. Esse foi seu intestino dizendo que você estava em perigo. A intuição é definida como “a capacidade de entender alguma coisa imediatamente, sem a necessidade de raciocínio consciente.” Nossa intuição guia-nos para os melhores resultados possíveis. O truque está em saber quando a sua mente ou sua intuição falam a verdade.
Aqui estão 5 sinais de que seus instintos estão tentando lhe dizer uma coisa:

1. Sussurros

Você está sozinho em sua casa e super ocupado. Pode estar fazendo limpeza. De repente, ouve uma voz do lado de fora de sua cabeça. Não, você não está tendo alucinações. Aquela voz vem da fonte e seu eu superior. Pode haver uma sensação de que algo precisa mudar. Este são os pequenos sussurros de consciência que estão conectados no reino espiritual. Algumas pessoas chamam-nos de anjos. Outros chamam-lhes de Deus.
Temos centenas de nomes para a intuição. Quando essa voz começa a falar você se sente à vontade. O ego vai tentar desligá-la com negatividade e oposições. Mas os pequenos sussurros que lhe dizem para seguir em frente são os seus próprios guias expressando preocupação, ou dando-lhe uma resposta simples para a pergunta que você tem em sua cabeça.

2. Sincronicidade

Você está alheio ao mundo ao seu redor. Sua mente começa a conversar sobre o que precisa ser feito, ou talvez algum problema que está te colocando para baixo. Em um nível subconsciente você está pedindo a sua consciência para te mostrar um sinal. Um adesivo no carro a frente que chama a sua atenção. Relaciona-se com o que você estava pensando. Você continua dirigindo e percebe um cartaz gigante com uma mensagem semelhante. Esta é a sincronicidade. São sinais repetitivos que tentam responder à sua pergunta.
Seus instintos estão fornecendo mensagens externas para que possa acalmar a mente e prestar atenção. Sinais também podem vir através de canções, passagens em livros, e até mesmo uma palavra de um desconhecido na fila do supermercado. É incrível como a sua intuição pode criar distrações externas para forçá-lo a tomar conhecimento.

3. Calma e tranquilidade

Outra forma através da qual a intuição se comunica conosco é através do silêncio. Você pode sentir o desejo de estar sozinho, ou meditar. Durante estes tempos serenidade leva você obtém respostas. A autêntica verdade irá mostrar-se quando você separar a pesada vibração da mente. Às vezes apenas dar um passeio na natureza ajuda a acalmar-nos. Sentar-nos perto da água eleva os sentidos e somos levados a um estado de bem-aventurança.
A intuição tem uma maneira de entrar em nossos corpos através da alegria e certeza. Não há nenhuma explicação real de como isso acontece. No momento em que você deixar ir todos os problemas e preocupações de sua vida, a intuição aparecerá com uma sensação de paz.

4. Sonhos

Quando dormimos, o ego deixa de ditar. Nós entramos em um estado superior de consciência. Durante este tempo os sonhos criam cenários e peças dramáticas. Alguns sonhos servem como um meio para descobrir a ocupação dos momentos de vigília e estão cheios de ansiedade e medos. Enquanto outros são mensagens de intuição. Antes de ir para a cama, anote as coisas que estão exigindo respostas. Tome algumas respirações profundas e solte antes de dormir. Permita que seu corpo relaxe e ajuste-se à cama. Muitas vezes os sonhos aparecem como símbolos mascarados ou arquétipos.
O psicólogo Carl G. Jung disse: “O sonho é a pequena porta escondida no santuário mais profundo e íntimo da alma.”

5. O seu corpo fala com você

Há momentos em que recusar-nos a prestar atenção a nossa intuição nos dá dor física ou doenças. Nossos corpos espirituais, emocionais e físicos são um. Quando estamos fora de equilíbrio com todos os três, problemas físicos começam a aparecer. Louise L. Hay diz: “Cada pensamento que temos está criando o nosso futuro.” Quando vamos contra os instintos podemos pagar um preço elevado em nossos corpos. Esta evasão vai aparecer em doenças, ou algo tão simples como uma entorse de tornozelo. Seu eu superior falará em muitas formas apenas para chamar sua atenção. Se você seguir a sua intuição, nunca irá pelo caminho errado.

Seu corpo físico sempre te deixará saber o que está acontecendo. Tire um tempo para se conectar com a sua orientação. Nós ficamos tão ocupados tentando realizar coisas que esquecemos o pedágio que leva a um nível físico. Por exemplo, dores no peito ou respiração superficial pode ser uma oportunidade para parar e se conectar em sua orientação. Pelo que você está sofrendo? Quais questões em sua vida estão te tirando o fôlego? São sinais de alerta do universo que não devem ser ignorados.
Fique aberto à sua natureza intuitiva. Peça por sinais e mensagens ao liberar velhos padrões de tentar controlar as respostas. Você recebe presentes do universo. Estes pequenos “saberes” são para que você possa permanecer com tudo o que deseja. Continue engajado no momento presente e seja receptivo a tudo o que o seu eu superior tenta transmitir a você. Você sabe exatamente o que é melhor para si quando separa-se da mentalidade orientada para o ego.
Mais informações →

Sem Comentarios

Psicóloga, com várias especializações na medicina chinesa. Estuda filosofia oriental desde os treze anos de idade. Aos 21 anos integrou-se a tradição milenar da Ordem Rosacruz onde estudou parapsicologia e especializou-se em métodos de autoconhecimento para a cura. Ministra cursos e palestras para educadores físicos, médicos, psicólogos, psicanalistas etc.


Este programa foi produzido na Escola Brasileira de Linguagem do Corpo e psicanálise Cristina Cairo, que fica localizado na rua Pelotas, 106 - Vila Mariana, em São Paulo, Brasil.

Vídeo editado por Rodolfo Santos e Carlos Tristão 
Pagina Official no Facebook: https://www.facebook.com/criscairo

Temas:

☺Toda energia se transforma em matéria.
☺Os chakras em nossa vida.
☺O chakra Base.
☺Dificuldades financeiras e o chakra base.
☺O dinheiro é uma forma de energia.
☺Problemas nos intestinos e rins, bexiga reto e ânus.
☺Depressão e o chakra Base.
☺Equilibrar e alinhar os Chakras.
☺Mudando as pessoas através dos nossos chakras.




Mais informações →

Sem Comentarios

Segundo a numerologia, o ano de 2017 será regido pelo número 1 (soma dos algarismos de 2017: 2+0+1+7 = 10 e 1+0 = 1), e no tarô tradicional ao arcano número 1, O Mago, porém segundo alguns tarólogos, correspondendo também ao arcano de número 10, A Roda da Fortuna, de acordo com o resultado da soma não reduzida. Pessoalmente prefiro relacionar somente ao arcano 1, já que O Mago tem praticamente a mesma relação com o número em questão e A Roda da Fortuna, arcano de número 10, além de ter interpretações diferentes, também não está relacionado com a numerologia. Entretanto todo conceito é válido desde que se tenha satisfação e respeite o do outro. Vamos pois, analisar antes de tudo, qual o significado do número 1 segundo a numerologia para este novo ano: O número 1 é regido pelo Sol, que dá, dentre outras, qualidades típicas de liderança, coragem e poder. A cor é o vermelho que pode ser utilizada de alguma forma, seja nas roupas, nos acessórios ou em qualquer objeto de uso pessoal ou mesmo em plantas e flores. A pedra é o rubi que pode ser substituída por outra de cor vermelha como a granada vermelha, o jaspe vermelho ou outra de cor idêntica. Use-o se assim o preferir, como amuleto ou mesmo de outras formas que mais lhe convém. Os que estiverem sob a influência deste número estarão mais espirituais embora um tanto introvertidos, mas também dinâmicos e independentes, usando a sua criatividade com originalidade. É o número das iniciativas, contrapondo-se ao número 9 do ano de 2016, ano que dentre outras características, sua principal foi a de finalizações. Então se você estiver aberto à influência do número 1 deste ano, poderá aproveitar para iniciar algo, pois este é o número propício, e tudo que fizer neste ano, cedo ou tarde colherá com certeza os resultados de acordo com o que se fez. Algo se inicia neste ano tanto nos setores material, profissional e pessoal quanto nos setores sentimental, social e até familiar. Portanto cuidado com o lado negativo deste número que inclui a preguiça, a indecisão e a falta de confiança em si. Evite também o egoísmo exagerado, a desconsideração para com as pessoas a sua volta, a agressividade que prejudica, a frieza sem necessidade, a impaciência e a irritabilidade desenfreada ou sem motivos. O número 1 confere uma força motivadora do Universo e suas características positivas como independência, ousadia, autossuficiência, autocontrole, liderança, inteligência criativa, iniciativa, poder de decisão, pioneirismo, dentre outras já mencionadas anteriormente, deverão ser bem utilizadas a fim de obter a realização pessoal ou material. Para melhor ajudá-lo a utilizar esses atributos valiosos do número 1, pergunte-se e responda para si mesmo: - O que significa para você a independência? - É capaz de expressar seu ponto de vista defendendo seus direitos? - Tem iniciativa para conquistar os seus objetivos ou metas? - Se irrita desnecessariamente? Se sim, por quê? - Costuma forçar os outros, oprimindo sua liberdade? - Fica se gabando e se expondo muito a fim de obter aprovação alheia? Essas perguntas e respostas individuais, além de outras que porventura vier à sua mente, poderão lhe servir de guia para suas conquistas. Aqui, uma meditação do número 1 para reforçar ainda mais seus propósitos para este ano: " Deus e eu somos um, pois manifesto a vontade Dele. Sou capaz de realizar os objetivos que me proponho e de ter controle de minha vida. Sou capaz de tomar decisões necessárias para iniciar algo novo e até uma vida nova e melhor se assim eu desejar. Nada me impede e posso atravessar quaisquer obstáculos que surgirem. Conquistarei o que desejo com determinação e coragem. Vencerei toda luta justa. Visualizo-me planejando e agindo até cumprir todo meu propósito a fim de realizar minha meta. Eu sou o Um." (Esta meditação é feita sentindo literalmente cada palavra e plantando em sua mente mas com muita convicção!)




O Mago segundo o tarô como arcano regente do ano de 2017: O Mago como arcano número 1 do tarô

tradicional, faz jus ao número 1 da numerologia e portanto confere também vontade e poder de realização com iniciativa através dos quatro elementos ou os quatro poderes da natureza: Terra (matéria, físico), Ar (ideias, planos), Água (emoção, sentimento) e Fogo (energia do espírito). Suas aspirações e inspirações devem ser equilibradas unindo o espírito com a matéria (assim em cima, céu, espírito, como embaixo, terra, matéria). Ação é uma das palavras-chave principais depois dessas qualidades. Por isso, não espere que as coisas simplesmente aconteçam e nem dependa de terceiros ou do que não possua. Aja de acordo com o que já possui no momento unindo espírito (energia, desejo e intuição) - elemento Fogo, com a matéria (você mesmo e o que já possui de concreto) - elemento Terra, não se esquecendo dos seus reais sentimentos - elemento Água, e de sua comunicação e poder de persuasão - elemento Ar, pois só assim poderá realizar neste ano o que mais almeja sem se distanciar do que já é seu por direito. Este arcano avisa-o para evitar a preguiça, a falta de espiritualidade ou o desequilíbrio entre espírito e matéria, a falta de iniciativa, a dependência de terceiros para realização das metas, a comunicação deficiente, a falta dela ou como meio de manipulação, além de mexericos, como seu lado negativo. Fique pois, atento.

Enviado por: Ana Lucia Della Mônica Ana Tarô. - www.revelacoesdotarot.blogspot.com.br

Mais informações →

Sem Comentarios

É sinônimo de frustração porque, no momento em que você mais precisou provar os seus conhecimentos, não conseguiu manejar satisfatoriamente as suas experiências. Quando a pessoa acredita que domina o que aprendeu, mas, em determinadas situações, sente-se perdida e encurralada, os seus pulsos passam a doer. Sabemos que existe a síndrome dos digitadores (em informática),
que é associada ao tipo de trabalho que exercem. Mas, na verdade, os sintomas só acontecem quando estes profissionais tentam mostrar o melhor de suas possibilidades profissionais, mesmo sem ter muita experiência. Muitas vezes estas pessoas vêem a atividade que desempenham apenas como um meio de sobrevivência que não traduz as suas verdadeiras expectativas para a realização profissional. com isso acabam dificultando o manejo das experiências em sua mente.
Se precisarmos camuflar a nossa personalidade para causar boa impressão, seremos obrigados a arcar com atitudes que não podemos sustentar por muito tempo. Os pulsos apenas avisam que precisamos confiar em nossos conhecimentos e assumi-los, com modéstia e eficiência.


Portanto se você se encontra em quaisquer dessas situações, procure ser mais flexível consigo mesmo. Aceite as mudanças que a vida lhe oferece, pois é através delas que encontramos respostas para muitas dúvidas do passado. Ignore o seu ego. Afinal, onde está escrito que você tem que acertar sempre? Nós estamos no mundo para aprender e é por isso que erramos. Se o caminho que você está seguindo não lhe agrada é porque, no passado, também hesitou em mudar. Veja se vale a pena continuar: analise as vantagens e desvantagens dessa situação e passe a expressar o que você sente. Encare tranqüilo as mudanças, já que elas só aparecem para trazer mais conhecimentos. Viva sua vida como você gosta, mas vá com calma buscar sua liberdade de pensamento. Agradeça tudo e a todos, profundamente, e seja mais dócil e flexível.

Linguagem do corpo vol 1 - Cristina Cairo.
Mais informações →

Sem Comentarios

Psicóloga, com várias especializações na medicina chinesa. Estuda filosofia oriental desde os treze anos de idade. Aos 21 anos integrou-se a tradição milenar da Ordem Rosacruz onde estudou parapsicologia e especializou-se em métodos de autoconhecimento para a cura. Ministra cursos e palestras para educadores físicos, médicos, psicólogos, psicanalistas etc.


Este programa foi produzido na Escola Brasileira de Linguagem do Corpo e psicanálise Cristina Cairo, que fica localizado na rua Pelotas, 106 - Vila Mariana, em São Paulo, Brasil.

Vídeo editado por Rodolfo Santos e Carlos Tristão 
Pagina Official no Facebook: https://www.facebook.com/criscairo

Temas:

☺Labirintites e tonturas.
☺Como surge a labirintite?
☺A direção dos pensamentos e a tontura...
☺Perder o "norte" da vida.
☺Significado da labirintite.
☺Como eliminar a labirintite.
☺Como organizar a mente.


Mais informações →

Sem Comentarios

Temos uma notícia que é novidade para a maioria das pessoas.
Você sabia que uma dorzinha de dente pode ser sinal de problemas em um órgão que nada tem a ver com a região da boca?
Isso mesmo!
Os dentes  têm relação com os nossos órgãos. Pelo menos é o que acredita a medicina tradicional chinesa.
Você certamente já ouviu falar do sistema de meridianos tão explorado pela acupuntura, certo?
Pois bem, esse equilíbrio energético entre os meridianos que interligam todos os órgãos também nos permite saber que os dentes estão “ligados”, pelos meridianos, aos órgãos do corpo.
Se um dente tem um processo inflamatório crônico, uma restauração desencadeadora de reatividade, uma doença periodontal ou qualquer outro problema que a pessoa considera inofensivo, esse dente pode ser a causa escondida de uma dor ou disfunção crônica no órgão com o qual está conectado através dos meridianos.
Na medicina convencional, sabe-se há muito tempo que os dentes purulentos/focos dentários podem causar problemas cardíacos e até mesmo ataques cardíacos.
Os dentes incisivos superiores e inferiores, por exemplo, estão associados aos rins, bexiga e orelhas.
Os caninos, por outro lado, estão ligados ao fígado e à vesícula biliar.
Agora, se a dor for nos dentes molares, provavelmente há algum problema em seu estômago, baço ou pâncreas.
E, acredite, os dentes do siso podem acusar problemas no coração e intestino delgado.
Essas dores são chamadas de “dor fantasma”.
Saber quais órgãos estão relacionados a cada dente pode ser de grande valia.
Apesar disso, não pense que toda dor de dente é necessariamente um sintoma de doença nos órgãos.
A dor pode ser motivada por alguma lesão ou uma cárie originada por uma má escovação, por exemplo.
Abaixo, apresentamos uma lista de possíveis problemas para a dor de cada tipo de dente de acordo com a tradicional medicina chinesa.
Veja:
- Dor nos incisivos superiores e inferiores: sinal de cistite, otite ou pielonefrite.
- Dor no primeiro incisivo: sinal de tonsilite e prostatite.
- Dor nos dentes caninos: sinal de colecistite ou hepatite
- Dor nos dentes pré-molares: pode ser sinal de colite, reação alérgica, pneumonia ou disbiose intestinal.
- Dor no quarto dente superior ou inferior: pode ser doença do cólon ou até mesmo artrite,  problemas nos joelhos, cotovelos e ombros.
- Dentes molares: indica úlcera gástrica, pancreatite, úlcera duodenal, anemia e gastrite crônica.
- Dor no sexto dente inferior: sinal de problemas nas artérias.
- Dor no sexto dente superior: é frequentemente associada a inflamação dos ovários, baço, tireoide, sinusite e doenças da faringe.
- Dor nos dentes molares inferiores: tem relação com varizes, pólipos no cólon ou esteja com algum problema no pulmão, como asma, bronquite e pneumonia.
- Dor nos dentes do siso: está relacionado com problemas cardíacos e defeitos congênitos
Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico/dentista.
Mais informações →

Sem Comentarios



Dentes ovais



As pessoas que possuem os dentes da frente ovais se mostram altamente criativas, possuindo um grande talento para a realização de artesanatos, artes e pinturas. Além disso, são extremamente detalhistas e sabem como se dedicar as pequenas coisas, fazendo a diferença nas coisas rotineiras realizadas por ela. Conseguem conquistar amizade com muita facilidade, sentindo com facilidade o que as pessoas ao seu redor estão sentindo. Muitas vezes, carregam certa dificuldade para se concentrar, principalmente em tarefas longas e complicadas.

Dentes quadrados


Pessoas que possuem os dentes quadrados, provavelmente, são pessoas calmas e que conseguem controlar a suas emoções com facilidade. Muitas vezes, são extremamente reservadas e podem passar a impressão de serem distantes e frias, mesmo que essa não seja a intenção.

Dentes triangular



Costumam demostrar uma personalidade despreocupada, dinâmica e otimista. Adoram estar rodeadas de pessoas divertidas e conseguem conquistar amizades com muita facilidade. Sua personalidade consegue demostrar o medo que essa pessoa tem de ficar sozinha, por isso a solidão é temida por ela, fazendo com que a insegurança esteja sempre presente em sua vida.

Dentes em formato retangular


Se você possui ou conhece alguém que tenha os dentes frontais no formato retangular, saiba que chefiar é um de seus objetivos. Com uma personalidade forte para liderar, elas possuem muita facilidade para tomar decisões importantes. Vão atrás de seus objetivos com muita determinação, mas também sabem como focar em si mesmo, por isso acabam passando a impressão de serem pessoas egoístas e individualistas.

Fonte: http://br.blastingnews.com/curiosidades/2016/12/os-dentes-incisivos-revelam-algo-surpreendente-sobre-a-sua-personalidade-acompanhe-001345453.html?sbdht=_pM1QUzk3wsd08QCZq-Og37TiG29nmfjgxBiO8ep_j9pM0pQcI0Ksdw2_

Ver imagem no Twitter
Mais informações →

Sem Comentarios

Pâncreas é uma glândula de função dupla que desenvolve atividades essenciais para a continuidade da vida. O pâncreas lança no duodeno o suco pancreático que se destina à digestão de substâncias ácidas. Produz também a insulina, que é o agente requerido para o aproveitamento do açúcar pelo organismo. A produção insuficiente de insulina dá origem ao diabetes.
Quando uma pessoa passa a sentir a vida triste e sem doçura, perde lentamente as duas funções do pâncreas. Não consegue eliminar a “acidez” dos sentimentos e não consegue mais manter os seus

pensamentos “doces”. A pancreatite simboliza a perda da ”doçura” da vida e indica que a pessoa está, constantemente frustrada, imaginando que jamais conseguirá realizar o que sonhou, porque acredita que não há “gosto” em continuar tentando e que a vida sempre dificulta seus desejos. Aprenda a aceitar os acontecimentos, sejam eles quais forem, de maneira analítica e não emocional. O que estou propondo é que você transforme todos os seus aborrecimentos e frustrações em pensamentos de aceitação provisória otimista. Isso quer dizer que você deve tranqüilizar-se, prestar atenção no fato que o aborrece, enxergar seus próprios erros e, enfim, tentar novamente sem medo e com número
menor de erros. Acredite sempre em você e tente vários métodos de alcançar o sucesso.

Fonte: Linguagem do Corpo Vol 1- Cristina Cairo
Mais informações →

Veja mais:

Project Somos Arts . Tecnologia do Blogger.