Úlcera: Veja o significado psicológico pela linguagem do corpo/Metafísica da saúde e como se curar; Cristina Cairo;

De onde você tirou tanto medo? Essa insegurança que foi registrada em sua mente inconsciente não tem fundamento. Se seus pais criaram um filho dando-lhe injeções de repressão, foi porque acreditaram que essa era a melhor maneira de ajudá-lo a crescer. Compreenda que a vida é reflexo daquilo que acreditamos e que ninguém pode ter culpa de nossas incertezas. Passe a trabalhar seu autoconhecimento e inicie um bom sugestionamento pois é através de pensamentos positivos e confiantes que você se recuperará.

Antes de dormir diga, repetidamente: sou livre e feliz, sou calmo e seguro, decido, rápido e confiante em todas as situações de minha vida. Fazendo esse exercício antes de dormir e após acordar, sua mente estará repleta de confiança e coragem e você, aos poucos, estará acreditando, convicto, em seu sucesso e a úlcera desaparecerá. O importante a saber é que, quanto mais nos sentirmos gratos pelas coisas simples da vida, mais saúde teremos em reconhecimento ao fluxo energético da Natureza.
Agradeça o alimento que está em seu prato e jamais o coma com raiva ou desprezo. Harmonize-se antes de sentar à mesa, pois é muito bom respeitar e amar o pão nosso de cada dia. Seja uma pessoa sensata e tranquila quando estiver conversando com alguém: passe-lhe suas idéias com carinho e sem imposições. Deixe-as livres e largue mão dessa


mania de reter ressentimentos porque ninguém tem a obrigação de entendê-lo e de aceitá-lo. Comece já a descobrir o seu mundo interior e você perceberá quanto tempo perdeu insistindo em coisas que você, na verdade, nem precisava conquistar. Amplie a sua consciência e cresça para que a vida possa ajudá-lo.
Teorias não levam a nada. Ponha em prática um novo personagem em seu corpo. Represente um outro papel no palco desta vida e exercite-se para entender o que é autoconhecimento. Se você continuar de olhos fechados para novas idéias, com medo de se arriscar, também continuará a sofrer dentro de um mundo restrito, criado por você mesmo. Abra-se sem medo e saiba aceitar os primeiros
erros de sua nova vida. Errar faz parte do processo normal para se aprender algo. Aos poucos você ficará admirado com sua capacidade de mudança e até ajudará outras pessoas que estavam na mesma situação em que você se encontrava. Então, o que há? Qual é o problema, agora?
Não complique as coisas: simplifique-as!


Linguagem do Corpo Vol 1

Comentários