Pulsos: Veja o significado psicológico e como se curar de problemas nesta região do corpo, pela Linguagem do corpo/Metafísica da saúde de Cristina Cairo:

É sinônimo de frustração porque, no momento em que você mais precisou provar os seus conhecimentos, não conseguiu manejar satisfatoriamente as suas experiências. Quando a pessoa acredita que domina o que aprendeu, mas, em determinadas situações, sente-se perdida e encurralada, os seus pulsos passam a doer. Sabemos que existe a síndrome dos digitadores (em informática),
que é associada ao tipo de trabalho que exercem. Mas, na verdade, os sintomas só acontecem quando estes profissionais tentam mostrar o melhor de suas possibilidades profissionais, mesmo sem ter muita experiência. Muitas vezes estas pessoas vêem a atividade que desempenham apenas como um meio de sobrevivência que não traduz as suas verdadeiras expectativas para a realização profissional. com isso acabam dificultando o manejo das experiências em sua mente.
Se precisarmos camuflar a nossa personalidade para causar boa impressão, seremos obrigados a arcar com atitudes que não podemos sustentar por muito tempo. Os pulsos apenas avisam que precisamos confiar em nossos conhecimentos e assumi-los, com modéstia e eficiência.


Portanto se você se encontra em quaisquer dessas situações, procure ser mais flexível consigo mesmo. Aceite as mudanças que a vida lhe oferece, pois é através delas que encontramos respostas para muitas dúvidas do passado. Ignore o seu ego. Afinal, onde está escrito que você tem que acertar sempre? Nós estamos no mundo para aprender e é por isso que erramos. Se o caminho que você está seguindo não lhe agrada é porque, no passado, também hesitou em mudar. Veja se vale a pena continuar: analise as vantagens e desvantagens dessa situação e passe a expressar o que você sente. Encare tranqüilo as mudanças, já que elas só aparecem para trazer mais conhecimentos. Viva sua vida como você gosta, mas vá com calma buscar sua liberdade de pensamento. Agradeça tudo e a todos, profundamente, e seja mais dócil e flexível.

Linguagem do corpo vol 1 - Cristina Cairo.

Comentários