Coxas; Veja o significado estético no corpo, Metafísica da Saúde/Linguagem do Corpo;

Pela linguagem do corpo, a coxa simboliza o passado. Quanto mais próximo dos quadris (centro do poder e equilíbrio de nosso corpo e espírito), tanto mais nos aproximamos de nossa origem nesta vida. O pai, literalmente, é a nossa origem. Afinal, foi a partir da maravilhosa união de um espermatozóide com um óvulo que surgimos para esta vida com todas as riquezas da natureza. Mas o vínculo que temos com eles é muito mais profundo do que simples teorias genéticas: nosso subconsciente está ligado ao subconsciente de nossos pais, de nossos avós e ao de nossos antepassados. Deles recebemos a herança maior: o caráter. Não compreendemos como, levados por estranhos impulsos, cometemos certos atos, errados ou não, em nossa existência. Somos uma cópia de nossos pais. Quanto mais lutamos para nos tornarmos diferentes deles, mais nos aproximamos em palavras, pensamentos e atos,

exatamente por estarmos dando atenção demais aos defeitos hereditários. Entretanto, se amarmos nossos pais e observarmos suas boas qualidades, passaremos a interagir com essas qualidades e não mais com os defeitos. Nosso corpo nos mostra, detalhadamente, o reflexo da desarmonia do nosso coração em relação a parentes, amigos, patrões, etc. Fica projetado em nosso corpo o que temos de mal resolvido em nossa vida. Cada parte simboliza uma emoção específica, ou um assunto pendente no coração. É como um bate-papo do inconsciente com o consciente, na ânsia de tentarem se harmonizar ou resolver os problemas.

Linguagem do Corpo Linguagem do Corpo Vol 2, (estética)


Comentários