Veja o significado psicológico da próstata, e como se curar emocionalmente com novas atitudes comportamentais pela Linguagem do Corpo de Cristina Cairo;


Representa a masculinidade.  O homem que sente que sexualmente não é mais importante para  a mulher e não recebe qualquer elogio sobre sua masculinidade, passa a  ter medo de não agradar mais. É envolvido por um sentimento de culpa  e sente-se pressionado a desistir. Quando o homem vive um relacionamento conjugal em constante conflito e a mulher tenta ser completamente independente, seu inconsciente o ”avisa” que sua virilidade está em jogo. Problemas na próstata simbolizam revolta contra as
mulheres, ou contra uma determinada mulher. O câncer na próstata é chegar ao extremo do desespero da auto-afirmação e ”vingança” por estar sendo humilhado e magoado pela mulher. O homem necessita de uma mulher que o compreenda e o incentive sempre, caso contrário passará a se deixar levar pela crença de que, ao avançar da idade, diminuirá sua potência sexual. Livre-se da dependência de precisar ouvir que você é bom e acredite, por si só, nessa realidade. Perdoe as mulheres e tente compreender mais as necessidades de solidão e independência que elas, às vezes, reivindicam.

Harmonize-se no seu relacionamento e procure ser complacente. O diálogo sincero resolve todas as questões emocionais. Diga o que você está sentindo e esqueça o orgulho. Se não conseguir, não fique irritado, pois existe uma saída para tudo. Arranque de seu coração essa mágoa para continuar a viver, nem que seja com outra mulher. Queira ser feliz sinceramente e ore pela sua felicidade e pela de quem o fez sofrer. Saiba que, se você não permitir se deixar magoar, ninguém conseguirá lhe tirar a paz. Deixe de esperar tanto retorno de quem você ama. A expectativa só traz frustrações e sofrimento. Perdoe e confie em você e em toda sua capacidade masculina, sem traumas. Desista de imobilizá-la através da doença porque você é que será o grande perdedor e ninguém é insubstituível. Viva sua vida sem ressentimentos e aceite as mudanças, com gratidão.

Volte-se para o seu autoconhecimento e descubra toda a sua grandeza. Independa dos sentimentos dos outros e sinta a alegria de viver, livre das autocobranças e dos preconceitos. Busque a alegria da vida em outros setores do seu cotidiano e destrua essa ideia fixa de revolta e sentimento de ”fera ferida”.

Fonte: Livro Linguagem do Corpo Vol 1


Comentários