Significado psicológico do Tamanho dos Seios (Mamas) pela Linguagem do Corpo de Cristina Cairo.

1 Comentario

Significado psicológico do Tamanho dos Seios (Mamas) pela Linguagem do Corpo de Cristina Cairo.

Quando as mamas são pequenas, isso denota uma mulher yang, ou seja, que não admite autoridade sobre ela e que repudia a ideia de ficar presa ou ser comandada por alguém ou alguma situação. Essa mulher tem necessidade de liberdade e de poucos vínculos. Muitas demoram para se casar e, quando se casam, procuram se desvincular rapidamente de pressões familiares ou sociais. Na verdade, a mulher de mamas pequenas quer ser dona do próprio nariz e, por isso, aparenta ser autoritária. A cirurgia plástica para aumentar as mamas só dará certo se a mulher transformar seu interior primeiro. Ela precisa tornar-se mais flexível em seu comportamento, mais acolhedora e conselheira, e uma mãe equilibrada em seus zelos tanto para com seus próprios filhos quanto para com pessoas estranhas. Quando fizer isso, seu subconsciente fará o organismo reagir positivamente em relação à prótese mamaria ou mesmo no desenvolvimento natural das mamas, significando que aquela é uma mulher menos yang e mais feminina e maternal.

Quando as mamas são grandes, a mulher é yin, ou seja, tem tendência a anular-se devido a um instinto maternal exagerado. Essa característica do corpo denota a mulher que acolhe, protege e supre as necessidades de quem a solicita. Trata-se da verdadeira "mãezona" de todos, não só de seus filhos. Magoa-se com facilidade e muitas vezes deixa de realizar seus sonhos em prol dos de outras pessoas, principalmente de familiares. Quando uma mulher de mamas grandes decide fazer uma cirurgia plástica para diminuí-las, está dando um sinal inconsciente de que deseja cuidar mais de si mesma, com certeza em decorrência de uma mudança de vida pela qual esteja passando.

Se as mamas voltarem a se desenvolver após a cirurgia, isso significa que seu comportamento maternal e superprotetor resiste em ceder para a atitude mais independente e realizadora que essa mulher deseja.
O subconsciente é muito coerente e só colabora com a mudança corporal se a pessoa realmente estiver se transformando na alma. O corpo é o reflexo do que sentimos e nunca mostra o que não somos.
Buscar o equilíbrio nas atitudes é uma grande saída para conseguir mudanças em nossas vidas. Muitas vezes, sentimentos secretos ou inconscientes de culpa desenvolvem na mulher um desejo profundo de proteger e ajudar exageradamente as pessoas que convivem com ela. Portanto, descubra a cada dia quem você deseja ser na verdade e assuma sua nova postura com carinho e respeito pelos outros.
Seu corpo irá mostrar quem você está sendo. Tudo pode ser alterado pelo autoconhecimento e nossa força de vontade para compreender as leis do Universo. Pense no Deus do seu coração e mude sua postura interna para melhor.


Fontes: (Livro) Cristina Cairo Linguagem do Corpo Vol 2, (aprenda a ouvi-lo para uma vida saudável)

1 comentários:

Concordo plenamente com essas definições! Parabéns

Veja mais:

Project Somos Arts . Tecnologia do Blogger.