São os opostos ou os semelhantes que se atraem; Cristina Cairo

2 s

São os opostos ou os semelhantes que se atraem; Cristina Cairo






Yin e Yang, na verdade segundo a descrição dada anteriormente, são dois lados da mesma montanha, um iluminado, e outro na sombra. Portanto, não são opostos e sim complementares.

O ocidental tenta compreender essa visão chinesa pelo raciocínio e acaba deduzindo que os opostos são diferentes. Por isso dize-se no ocidente  que os opostos atraem e se completam.

O tao encontra no profundo do Yin e Yang, e no profundo do Yin e yang.  Para os Chineses, quando as duas polaridades encontram se deixam de ser opostas, por reconhecerem que uma possui a outra, e estabelece-se o caminho harmonioso e equilibrado.

Quando o sol e a lua conseguem estar juntos no mesmo céu, todos podem ver a beleza e a harmonia. O Sol representa o pai ou o homem e a Lua representa a mãe ou a mulher.
O Sol é a razão e a Lua e a emoção é até esse momento podemos perceber o quanto a emoção e flexível e a razão e rígida.

Para a Lua e Sol encontra-se e necessário que a lua ceda o dia, pois o sol não pode ceder a noite para eles se encontrem e na noite, o sol só pode ser visto refletido na lua.
Como o sol e a consciência e a lua é o inconsciente, e em nossa mente podemos a mesma proporção de suas aparições em nossos atos. A consciência domina apenas 5% da nossa mente, enquanto o inconsciente domina 95% dela.

Assim como a Lua aparece tanto á noite como de dia e sol somente em um período, assim nosso inconsciente manifesta-se o tempo em forma de tendências, desejos, atrações, repulsas, bem como de doenças, medos, angustias, acidentes e outros fenômenos.

Precisamos saber quem somos realmente e então admitiremos que semelhante atrai semelhante e que a aparência do oposto e apenas o primeiro portal a ser atravessado.

Tudo está em constante movimento de ir e vir, de morrer e nascer, de emocionar-se e racionalizar e no ponto de encontro da troca de papéis é que se dá a mutação.

Na meditação encontramos a paz do caminho do meio e podemos transformar nossas vidas ao localizarmos em nosso interior a força entre o Yin e Yang.

Cristina Cairo A cura pela Meditação

2 comentários

aproveitem as sabias palavras.

O sol e a lua que somos e estamos.

Veja mais:

Project Somos Arts . Tecnologia do Blogger.